14ºBPM mantém cerco e prende mais bandidos da investida ao carro-forte, em S. Cruz B. Verde

14ºBPM mantém cerco e prende mais bandidos da investida ao carro-forte, em S. Cruz B. Verde

20 ago 2017

O 14ºBPM não sossega e ainda mantém o cerco para prender os bandidos que participaram da investida contra o carro-forte na PE-365, entre o distrito de Jatiúca e a cidade de Santa Cruz da Baixa Verde no Sertão do Pajeú, de Pernambuco.

Na manhã deste domingo (20), policiais militares do 14ºBPM prenderam cinco homens que seguiam em um veículo pela BR-232, sentido Salgueiro, na altura do bairro Borborema, em Serra Talhada. Durante a  abordagem ficou constatado que dois dois ocupantes do veículo haviam participado da tentativa de assalto ao carro-forte em Santa Cruz da Baixa Verde, foram identificados e presos: Tarcísio André Alves Maia, 34 anos, natural de Belém do São Francisco, elemento perigoso, acostumado a prática de assaltos a banco e “Júnior Tamanco”, natural de Cabrobó, provavelmente o motorista da Hilux que estava na ação. Os outros três ocupantes todos têm passagem pela polícia e pelo sistema carcerário, ainda está sendo investigado a participação dos mesmos na ação.

Leia mais14ºBPM divulga balanço parcial sobre investida de carro-forte em S.C. Baixa Verde

Leia maisApós confronto com a PM, morre segundo assaltante de carro-forte em S.C.Baixa Verde

Por telefone, o Maj Ferraz, coordenador do policiamento, disse ao Porta NN que: “os três suspeitos, vieram de Belém do são Francisco, resgatar Tarcísio e Júnior Tamanco.” A quadrilha faz parte do “Novo Gangaço” e é de alta periculosidade”. O major ainda afirmou que desde o dia da ação, o comando do 14ºBPM, Ten Cel Figueiredo, interrompeu as férias e se uniu ao efetivo para dar continuidade às buscas pela prisão dos bandidos e determinou o lançamento de todo efetivo do batalhão no terreno, onde permanecem, incansavelmente, saturando a área até a prisão de todos os participantes da quadrilha. “O perímetro da nossa área está totalmente coberto pelo policiamento e todas as saídas estão com bloqueios ativados…”, ressaltou o Ferraz.

Comentários
PUBLICIDADE