Após denúncia da Oposição, Governo do Estado realoca recursos para o Mãe Coruja

Após denúncia da Oposição, Governo do Estado realoca recursos para o Mãe Coruja

17 maio 2018

Depois da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco denunciar o descaso com os programas sociais, o governo do Estado resolveu realocar recursos para o programa Mãe Coruja. A medida foi tomada através de decreto publicado, nesta terça-feira (15), a qual destina R$59 mil para o projeto e retira de outras atividades realizadas pela Secretaria da Mulher, a exemplo de ações de apoio à punição dos agressores e de Justiça para as mulheres, além de suporte às atividades fins da Secretaria da Mulher.

Para o líder da Oposição na Alepe, deputado Silvio Costa Filho (PRB), o governador deveria retirar gastos da publicidade e focar em benefícios para a população. “Reforçar o orçamento do Mãe Coruja é importante, mas o Governo Paulo Câmara continua cometendo um equívoco ao retirar recursos do combate à violência contra a mulher enquanto mantém gastos levados com consultoria, publicidade e cargos comissionados, além de outros gastos questionáveis, como a manutenção da Arena Pernambuco”, destacou.

Segundo dados divulgados no Portal da Transparência, houve uma queda de 61% nos recursos para o Mãe Coruja, saindo de R$9,7 milhões em 2014, para R$3,7 mi em 2007. “A Oposição vai continuar cumprindo o seu papel de fiscalizar as ações do Executivo e cobrar medidas que assegurem a qualidade de vida do povo pernambucano”, reforçou Silvio.

Decreto:

Comentários
PUBLICIDADE