Cientistas descobrem maneira de converter gordura ruim em gordura boa

Cientistas descobrem maneira de converter gordura ruim em gordura boa

O tratamento pode resolver o problema da obesidade e permitir que você coma um pouquinho a mais sem peso na consciência
14 jun 2018

Você já deve saber que existem dois tipos de gordura corporal: a boa e a má. A má é chamada de gordura branca, o alvo principal das dietas milagrosas que aparecem quando estamos comendo demais e queimando calorias de menos, e pode ser responsável por doenças cardiovasculares. Já a boa é a gordura marrom, e ajuda justamente a queimar calorias. Ela representa de 5% a 10% do tecido adiposo e está presente principalmente na nuca, nos ombros, na coluna vertebral e nos vasos sanguíneos. Quanto mais gordura marrom você possui, maior a facilidade para emagrecer.

A boa notícia é que pesquisadores do Hospital Winthrop, da Universidade de Nova York, EUA, desenvolveram uma técnica que permite transformar sua gordura ruim acumulada em gordura boa. O procedimento pode revolucionar o tratamento da obesidade e do diabetes, dois grandes problemas de saúde pública, além de colaborar com quem apenas quer melhorar a silhueta.

O estudo descreve um processo simples. Basta tirar um pouco da gordura ruim do corpo de alguém, adicionar um coquetel de substâncias químicas, manter a mistura num reator por um período entre uma e três semanas e reinjetar a gordura transformada no corpo do paciente. Isso daria fim ao uso de drogas para controle de peso, que podem causar efeitos colaterais prejudiciais, e na cirurgia bariátrica invasiva, que, além de arriscada, nem sempre tem o resultado desejado.

Mas calma, não procure seu médico agora. Por enquanto, o procedimento ainda não foi testado em humanos, apenas em tecidos humanos, o que é muito diferente. Já os camundongos, cobaias clássicas, se mostraram resistentes ao tratamento. Ainda há muito trabalho pela frente.

Via Superinteressante
Comentários
PUBLICIDADE