Dupla do 'Camaro Amarelo' estreia no Recife de olho no público nordestino

Dupla do ‘Camaro Amarelo’ estreia no Recife de olho no público nordestino

6 jun 2013

mg_

A dupla do “Camaro Amarelo” avisa que está de olho no Nordeste. Munhoz & Mariano estreiam no São João da Capitá, no Recife, com show no sábado (8), quando dividem palco com Cavaleiros do Forró, Calypso, Magníficos, Aviões do Forró e Chiclete com Banana. “Estamos começando a ‘subir’ o Brasil devagarzinho. Já tocamos em Salvador e Aracaju, e a aceitação está sendo muito bacana, sentimos que a nossa música está sendo apreciada, por isso estamos ansiosos com a nossa apresentação. Sempre quisemos tocar aí, e quem sabe dê para curtir a cidade na folga, nunca fui [ao Recife] nem a passeio”, disse Mariano, ao G1, em entrevista por telefone.

Naturais de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, Raphael Calux Munhoz Pinheiro e Ricardo Mariano Bijos Gomes, ambos de 26 anos, são amigos de infância e começaram a tocar por hobby, em um boteco da cidade. Após muitas festas, modas de viola e bares da cidade, a dupla gravou o primeiro DVD. Três meses depois, já em 2010, um fã os inscreveu no quadro “Garagem do Faustão”, com a música “Sonho bom”, onde foram os campeões.

Mas o Brasil passou a conhecê-los mesmo com o hit-chiclete “Camaro Amarelo”, lançado ano passado. A coreografia também ficou famosa, especialmente quando Mariano exibe seu “tanquinho”. “Essa desenvoltura mais sensual no palco, mexendo com o desejo das fãs, acabou sendo o nosso diferencial. No começo, fomos criticados, hoje a grande maioria [dos cantores sertanejos] faz também”, comentou Mariano, que já deixou bem claro na mídia que fica com fãs, sem problema.

Com a gravação do segundo DVD, “Ao vivo em Campo Grande II”, gravado há um ano, os artistas agora estão viajando o País com a nova turnê. “Não vamos fazer exatamente o mesmo show. Gostamos de dar uma mesclada, cantar músicas de outros artistas estourados por aí, como o Naldo [Amor de chocolate]. Fazemos também um medley [pout-pourri] de funk, tem ainda axé, música de raiz e moda de viola”, explicou Mariano.

O artista conta que ele e Munhoz têm gosto musical bem variado e curtem ouvir, por exemplo, forró, pagode, MPB e country music. Foi ouvindo o rock da Legião Urbana que Mariano diz ter aprendido a tocar violão. Por isso, o cantor ficou feliz com as comparações feitas por fãs entre “A Bela e o fera” e “Eduardo e Mônica”. A primeira é uma canção da dupla sul-mato-grossense, lançada no último dia 7 de maio. A outra é um sucesso do extinto grupo brasiliense, de 1986.(G1)



Comentários