Número de homicídios de mulheres é o menor em quatro anos, diz SDS

Número de homicídios de mulheres é o menor em quatro anos, diz SDS

16 maio 2018

O número de homicídios de mulheres em Pernambuco em abril deste ano foi o menor dos últimos quatro anos. É o que apontam as estatísticas dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs)divulgadas nesta terça (15) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Segundo a SDS-PE, foram registradas 13 vítimas em abril, sendo um feminicídio. O menor número foi em maio de 2014, quando foram registrados 12 casos.

Ainda de acordo com os dados, em abril de 2017, foram computados 9 feminicídios, o que significa uma queda de 88,89% se comparado ao mesmo mês deste ano. No comparativo entre o primeiro quadrimestre de 2018 com o do ano passado, o número de feminicídios também decresceu, de 29 para 13 casos (-55,17%).

Em relação aos números gerais de homicídios no Estado, foram registrados 365 casos em abril deste ano, uma redução de 30,74% em comparação a abril de 2017, quando foram notificados 514 crimes. Segundo a SDS, o número é o menor desde julho de 2016 e representa a terceira queda consecutiva neste ano: em janeiro, foram 451 homicídios; em fevereiro, 416; e, em março, 366 homicídios. Nos primeiros quatro meses do ano, Pernambuco registrou 1.590 CVLIs, enquanto que, no mesmo período em 2017, foram 2.038 crimes, uma queda de 21,98%.

Regiões e municípios: Ainda de acordo com o levantamento do órgão, todas as macrorregiões de Pernambuco apresentaram menos crimes tanto em abril como no primeiro quadrimestre de 2018, se comparado aos mesmos períodos do ano passado. Na Região Metropolitana do Recife, em abril, a redução foi de 27,3%, caindo de 139, em 2017, para 101. Na Zona da Mata, os crimes reduziram de 114 para 64, o que representa uma retração de 43,9%. Já no Agreste, as mortes reduziram 29,8%, de 131 para 92. A região que apresentou a menor diferença foi o Sertão, com uma redução de apenas 5 homicídios: 58 em abril de 2017 e 53 neste ano.

Comparando o primeiro quadrimestre deste ano com o do ano passado, a RMR recuou 19,8% (de 595 para 477), e a Zona da Mata, 20,3% (de 443 para 353). No Agreste e no Sertão, a redução foi de 25,4% (de 453 para 338) e 11,49% (de 235 para 208), respectivamente.

Segundo a SDS-PE, dos 184 municípios pernambucanos, 90 não notificaram nenhum homicídio em abril de 2018. Em 16 cidades, os números não se alteraram em relação a abril de 2017. Ainda de acordo com o órgão, foram registradas reduções dos crimes em 75 municípios.

Motivação: Os dados da Secretaria de Defesa Social apontam que a maioria dos homicídios ocorridos em abril deste ano teve relação com o tráfico de entorpecentes, acertos de contas e outras atividades criminais. Das 356 vítimas, 73,31% foram assassinadas devido a essas motivações.

Os conflitos na comunidade responderam por 49 mortes ou 13,76% dos CVLIs; 2,53% (9 casos) foram conflitos na comunidade, afetivos ou familiares (exceto feminicídio); 3,65% (13) resultaram de latrocínio e 0,28% (1) teve feminicídio como definição.

As estatísticas também mostram que, das 356 vítimas em abril de 2018, 137 já haviam sido submetidas ao sistema de justiça criminal, uma parcela de 38,48%.

Da Folha PE
Comentários
PUBLICIDADE