Twitter vai 'limpar' os seus seguidores; entenda

Twitter vai ‘limpar’ os seus seguidores; entenda

Há determinadas contas que vão deixar de entrar para a contabilidade dos usuários desta rede social
13 jul 2018

Com a intenção de gerar dados mais precisos quanto ao número real de usuários, o Twitter vai deixar de contabilizar as contas desabilitadas.

Em um comunicado divulgado esta semana, a empresa com sede em São Francisco, na Califórnia, refere que estas contas vão deixar de fazer parte do número de usuários reais, o que pode aborrecer algumas pessoas, em especial os que têm mais seguidores.

“Muitas pessoas irão notar uma diminuição de quatro ou menos seguidores, mas outras, que têm um número maior poderão sentir uma queda mais significativa”, explicou Vijaya Gadde, da equipe de segurança da plataforma.

A responsável frisou ainda que esta medida é importante, pois a “precisão e a transparência fazem do Twitter uma rede mais confiável”.

Mas afinal, o que são as contas desabilitadas? Gadde revela que se trata de contas que foram criadas por pessoas reais, mas que a dada altura deixa de ser possível garantir que estas pessoas continuam a utilizá-las e a controlá-las.

E é este detalhe que diferencia os perfis desabilitados das contas de spam ou robôs. “As contas automatizadas mal-intencionadas mostram, tipicamente, um comportamento de spam desde o início, sendo cada vez mais previsíveis”, acrescentou a responsável.

Já as desabilitadas caracterizam-se por apresentar comportamentos diferentes de um momento para o outro como ter um significativo aumento no volume de respostas ou menções a pessoas que não seguem determinada conta.

Comentários
PUBLICIDADE