Vídeo mostra tortura e presos decapitados em presídio no MA

Vídeo mostra tortura e presos decapitados em presídio no MA

9 jan 2014
O vídeo, que contém cenas fortes, mostra em detalhes três rivais decapitados

O vídeo, que contém cenas fortes, mostra em detalhes três rivais decapitados

Um filme que mostra cenas de barbárie feito por presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, foi divulgado nesta terça-feira, 7, pelo jornal “Folha de São Paulo”. As imagens, gravadas no dia 17 de dezembro, exibem três detentos decapitados durante um motim que deixou um saldo de 62 presos mortos.

São dois minutos e 32 segundos de cenas chocantes e que revelam a tortura e selvageria vivida dentro da unidade penal.

No vídeo, detentos aparecem caminhando pelo complexo de Pedrinhas até que chegam em um lugar com o chão repleto de sangue. Logo em seguida, é possível ver as cabeças decapitadas dos presos Diego Michael Mendes Coelho, 21 anos, Manoel Laércio Santos Ribeiro, 46, e Irismar Pereira, 34.

Os rivais ainda fazem comentários sobre os mortos e demonstram desprezo por eles. Os corpos com marcas de cortes revelam que eles foram torturados antes de morrer.

Os autores do vídeo não são identificados nas imagens, que mostram apenas seus pés, mas no reflexo da água e do sangue no chão do presídio é possível avistar alguns detentos.

O governo do Maranhão informou que as mortes foram resultado de briga entre membros da mesma facção criminosa. No complexo, também há rivalidade entre presos da capital contra do interior.

Detentos comemoram selvageria em presídio no Maranhão. Atenção: imagens fortes

 

INDEXBrasil - Comunicação e Marketing LTDA
Comentários