Notícias

Adagro vai intensificar fiscalizações na divisa com o Piauí para evitar peste suína em Pernambuco

Por: em 11/04/2019 às 09h31 atualizado em 11/04/2019 às 09h34

Após a confirmação do primeiro caso de peste suína clássica no Piauí, a Agência de Defesa Agropecuária de Pernambuco (Adagro) deve intensificar a fiscalização nas propriedades com suínos em Afrânio, no Sertão de Pernambuco. A cidade pernambucana faz divisa com o estado do Piauí e possui 768 propriedades com suínos. Em Pernambuco, são mais de 730 mil suínos cadastrados.

São 5.871 cabeças de suínos criados nas propriedades de Afrânio, e entre 5% a 10% desses animais estão situados na divisa com o estado do Piauí. O caso de peste suína foi diagnosticado no município de Lagoa do Piauí, a 42 km de Teresina. A doença foi confirmada em uma propriedade que tinha 13 animais, destes, sete morreram e os demais apresentavam sintomas da doença.

Segundo o diretor de Defesa e Inspeção Animal da Adragro em Pernambuco, Fernando Góes de Miranda, a previsão é que a fiscalização comece na próxima segunda-feira (15) em Afrânio. “A Adragro de Petrolina vai entrar em um modo de planejamento de atividades, aumentando as visitas as propriedades de Afrânio para ver se existe mortalidade de animais e investigar essas mortes, se houverem”, explicou.

De acordo com Goés, os veterinários da Adagro de Petrolina vão realizar a fiscalização junto com a Adragro de Afrânio, no Sertão. ” Nós trabalhamos com os casos do Ceará no ano passado, e agora, este ano, infelizmente, vamos ter que intensificar as fiscalizações com esse caso no Piauí”, revelou.

O diretor disse ainda que no combate a peste suína, a única maneira de deter a doença é através da vigilância epidemiológica e o controle de trânsito. “Pernambuco está em uma área infectada para o Ministério da Agricultura, mas nós não temos registro da doença. Fizemos visitas às propriedades e deu tudo negativo. Não temos nenhum caso registrado”, esclareceu.

Piauí é o segundo estado no Nordeste a apresentar a doença. O primeiro foi o Ceará que teve 44 focos. Todos os animais com suspeita da peste foram sacrificados como medida preventiva.

Peste Suína

A peste suína clássica é uma doença viral contagiosa, com mortalidade elevada, que afeta suínos domésticos e selvagens. Não oferece riscos à saúde humana e nem afeta outras espécies. Os principais sintomas da doença são: lesões hemorrágicas (manchas avermelhadas) na pele e extremidades (membros, orelhas, focinho e cauda), febre alta, constipação intestinal seguida de diarreia, vômito, sinais nervosos (tremores nas patas), conjuntivite, problemas reprodutivos (aborto, natimorto e repetição de cio), falta de apetite e fraqueza.

Via G1 Petrolina

Comentários

Desenvolvido por: