Brasil - Mundo

INSS anuncia que 1,8 milhão de benefícios podem ser cortados

Por: em 05/12/2019 às 09h24 atualizado em 05/12/2019 às 09h24

Nesta quarta-feira (04), o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) infoormou que está notificando 1,84 milhão de aposentados e pensionistas cujos benefícios possuem indícios de irregularidades. Caso confirmadas, podem resultar na suspensão dos pagamentos.

De acordo com a instituição, a identificação é feita de forma automática pelo sistema. Quem cair no pente-fino automático será notificado por meio de carta, com aviso de recebimento. O segurado terá 30 dias para agendar o atendimento em uma agência da Previdência.

Ao chega no órgão, o beneficiário deverá apresentar a documentação solicitada para a correção da falha que gerou a convocação. Se não houver resposta ou a explicação for insatisfatória, o benefício será suspenso, e o segurado contará com mais 30 dias para apresentar a sua defesa. Só após o esgotamento deste prazo é que o benefício será cortado.

Segundo o INSS, desde o início das varreduras no sistema, a quantidade de casos com possíveis irregularidades cresceu 1.350%, na comparação com 2018.

Comentários

Desenvolvido por: