Notícias

Márcio Oliveira aceitaria ser vice nas novas eleições de Serra Talhada

Por: em 10/01/2020 às 09h40 atualizado em 10/01/2020 às 09h40

Na Capital do Xaxado, o vice-prefeito, Mário Oliveira, se mostrou ser fiel ao atual Prefeito de Serra Talhada e disse que aceitaria ser vice da secretária de Saúde, Márcia Conrado.

Após uma entrevista ao programa “Frequência Democrática”, na rádio Vila Bela FM, Márcio Oliveira “alfinetou” alguns aliados que mantêm cargos no governo, e começam a dialogar com a oposição. Sem citar nomes, o vice-prefeito mandou um recado para o secretário Faeca Melo e o médico Nena Magalhães, que já se articulam ao lado da oposição: ‘É preciso ter coerência’, alertou.

Ainda na entrevista, Márcio Oliveira foi provocado sobre rumores que dão conta de uma possível aproximação de Victor Oliveira, candidato derrotado nas eleições passada, para o grupo de Luciano Duque. Alguns governistas acreditam que isso venha a ocorrer, caso Victor rompa com Sebastião Oliveira.

Para ele: “Eu não vejo nenhuma aproximação maior para aproximação de Victor Oliveira com o nosso grupo. Ele (Victor) defendeu bandeiras que o grupo da gente não defendeu (bolsonarismo). Na eleição passada se especulava que Waldemar (Oliveira) poderia ser indicado vice de Luciano, mas acho que isto depende de um processo. Esse nome não pode chegar de última hora tirado do bolso. Tem que ter uma aproximação antes”, disse Márcio Oliveira.

Completou: “Agora, em política a gente não pode descartar ninguém para somar, agora também não pode rasgar discurso. Se qualquer pessoa da oposição vier para o nosso grupo, temos que ouvir o grupo, verificar se esta pessoa pode somar e se está disponível para que ocorra esta modificação. Ninguém pode ser retirado do bolso”.

Comentários

Desenvolvido por: