Notícias

Serra-talhadense promete “tirar cadeia pra Lula” e que disputará vaga na Câmara

Por: em 14/10/2019 às 07h06 atualizado em 14/10/2019 às 12h13

Conhecido como Pedrinho, se comprometeu a cumprir 50% da pena do ex-presidente Lula não só não cumpriu a promessa – até porque nem poderia – como aproveitou a popularidade do gesto, com repercussão nacional, para se lançar candidato a vereador.

Ele até agregou o Lula ao sobrenome. Virou “Pedrinho de Lula”. No vídeo ele aparece ao lado do pré-candidato a prefeito de Serra Talhada, Marcos Oliveira, pregando o voto lai-lô.

Em março de 2018, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou nas redes sociais a mensagem enviada por Pedrinho. No vídeo, o apoiador de Lula diz que, se o ex-presidente roubou, foi em favor de muitos nordestinos. Identificando-se como Pedrinho, ele se oferece para cumprir metade da pena que venha a ser aplicada ao petista, condenado a 12 anos e um mês de prisão em segunda instância.

A página oficial de Lula divulgou seu comentário. Nele, o ex-presidente descreve, às gargalhadas, as declarações de Pedrinho e comenta. “Eu achei do cacete. E vou depois até ligar para ele e dizer: ‘oh, seu filho da puta, eu não roubei não, filho da puta’“. De fato, Lula chegou a falar com o Pedrinho. A história também repercutiu no blog e viralizou.

No vídeo, Pedrinho diz que Lula é seu segundo pai. “Se ele roubou, divido a cadeia com ele. Se ele roubou, foi para me dar. Só para eu, não. Para um bocado de nordestino. Se ele pegar vinte anos, eu tiro dez. Se ele pegar 40, eu tiro vinte”, afirmou.

Comentários

Desenvolvido por: