Entretenimento

Após criticar canonização de Irmã Dulce, Márcia Felipe pede desculpas

Por: em 16/10/2019 às 17h26 atualizado em 16/10/2019 às 17h26

A cantora Márcia Fellipe atraiu uma atenção indesejada neste fim de semana. A forrozeira foi duramente criticada após uma postagem no qual questiona a canonização da Irmã Dulce, primeira brasileira a ser santificada pela Igreja Católica. “Ajudar o próximo, sim! Mas não faz nenhum ser humano ser ‘santo’. Santo só o senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar (leiam a Bíblia). ‘E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará’. João 8:32”, escreveu Márcia, no domingo (13).

O comentário foi feito numa postagem da Rede Globo no Instagram sobre a canonização da freira baiana. Não demorou muito para que os usuários repercutissem o comentário e Márcia passasse a ser duramente criticada pela opinião. Com a repercussão negativa, a cantora – que é evangélica – fez uma transmissão ao vivo pela plataforma para pedir desculpas, afirmando que as pessoas interpretaram de forma errada o seu comentário.

“Não falei sobre religião. Falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no meio do mundo, ela é feita pelo homem. Assim, tem gente distorcendo que eu tenho intolerância a religião, em nenhum momento (…) A Irmã Dulce é um ser humano exemplo a ser seguido, ela se anulou, ela fez a caridade, ela foi um ser humano bondoso e Deus respondeu a oração da Irmã Dulce. Mas crer e adorar eu só adoro a Deus”, explicou a artista.

Comentários

Desenvolvido por: