Esportes

Barcelona e Real empatam em clássico abaixo das expectativas

Por: em 04/12/2016 às 09h46 atualizado em 30/12/2016 às 14h31

Quem esperava um show de Cristiano Ronaldo ou de Lionel Messi no clássico entre Real Madrid e Barcelona neste sábado (3) se decepcionou. Indicados ao prêmio da Fifa de melhor jogador do mundo na sexta-feira (2) ao lado de Griezman, os atacantes foram meros coadjuvantes no empate em 1 a 1, que passou longe das expectativas.

Foto: Reuters/Folhapress

Foto: Reuters/Folhapress

Antes de a bola rolar, uma homenagem à Chapecoense foi feita pelos atletas. Os dois times fizeram um minuto de silêncio enquanto posavam intercalados entre si, atrás de uma faixa com a hashtag #FuerzaChapecoense.

Em campo, eles deixaram a comoção de lado e deram lugar às reclamações e faltas duras. O primeiro tempo foi de tensão e pouco futebol. O lance de mais perigo aconteceu apenas aos 37 min, com Cristiano Ronaldo, que driblou dois marcadores e chutou fraco para a defesa de Ter Stegen.

Com o jejum de dois jogos sem vencer, os donos da casa se lançaram ao ataque na etapa final e chegaram ao gol logo aos 7 min. Após cobrança de falta de Neymar, o uruguaio Luis Suárez subiu mais que a zaga adversária e, de cabeça, abriu o placar.
O gol animou o Barcelona, que por pouco não ampliou com Neymar. O brasileiro recebeu a bola dentro da área, limpou o zagueiro e chutou por cima da meta. A bola passou rente à trave.

O desperdício custou caro aos catalães. Aos 45 min, Sergio Ramos aproveitou um vacilo da zaga e assim como Suárez finalizou com a cabeça para empatar.
O resultado deixa o Real Madrid na liderança isolada do Campeonato Espanhol com 34 pontos ganhos e aumenta sua invencibilidade, que agora é de 33 partidas sem perder.

Já para o Barcelona o empate não foi um bom negócio. Na segunda colocação com 28 pontos, o clube pode ver o Atlético de Madrid, que soma 24, encostar em caso de vitória sobre o Espanyol, no domingo.

Na próxima rodada, os catalães visitam o Osasuña, no sábado (10). No mesmo dia, o Real recebe o Deportivo LaCoruña. (Com informações da Folhapress)

Comentários

Desenvolvido por: