Esportes Notícias

Galvão Bueno provou “viagra natural” antes passar mal em Lima

Por: em 22/11/2019 às 11h19 atualizado em 22/11/2019 às 11h19

Galvão Bueno, 69 anos, passou mal na manhã desta quinta-feira (21) em Lima, no Peru, horas depois de ir a um restaurante onde provou comidas picantes, de acordo com a coluna de Keila Jimenez, do portal R7.

A TV Globo informou que ele sentiu fortes dores no peito e falta de ar, e foi submetido a um cateterismo para a desobstrução de uma artéria.

Segundo sua mulher, Desiree, o acompanha no hospital e também estava com ele no Restaurante Central, do premiado chef Virgílio Martinez, onde provou um alimento considerado um “viagra natural”.

Galvão, que viajou ao Peru para narrar a final da Libertadores, entre Flamengo x River Plate, na tarde de sábado, será substituído na missão por Luís Roberto.

Um dos mais famosos do mundo, o Restaurante Central é conhecido pelos títulos, pratos diferentes e ingredientes pouco convencionais. Muita coisa é baseada em pesquisas da culinária indígena da região.

O prato afrodisíaco citado pela colunista é um creme de piranhas peruanas. A receita é feita com cabeças de piranha, conhecidas no Peru e na região da Amazônia como uma iguaria extremamente afrodisíaca, pois possui muito fósforo, um estimulante natural.

No Brasil, os cremes e caldos feitos com cabeça de piranha são conhecidos como Viagra do Pantanal, ou Viagra Natural. O mal estar ocorreu horas depois.

A correria no hotel onde o narrador estava hospedado foi grande pois havia o trauma do problema cardíaco que vitimou o humorista Bussunda, na Copa de 2006.

Felizmente, Galvão foi socorrido rapidamente e submetido a um cateterismo para o desentupimento de uma artéria do coração. Ainda não há previsão de alta.

Comentários

Desenvolvido por: