Notícias Pernambuco

Homem é preso suspeito de estuprar e engravidar neta de 12 anos em PE

A delegada Socorro Veloso afirmou: "Ele confessou os fatos, apesar de dizer que teria 'sido provocado' pela criança, de 12 anos"

Por: em 21/07/2021 às 18h00 atualizado em 21/07/2021 às 15h25

Da Folha Pernambuco

Nesta terça-feira (20), um homem de 58 anos foi preso na cidade de Primavera, na Mata Sul de Pernambuco suspeito de estuprar e engravidar a neta de 12 anos.

Segundo informações a Polícia Civil, as investigações apuram se ele também cometeu estupro de vulnerável contra pelo menos outras cinco crianças, com idades entre 3 e 10 anos.

Os crimes teriam ocorrido na cidade do Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ele foi encontrado em Primavera sendo protegido por familiares, de acordo com a corporação.

O homem confessou ter sido o autor do estupro de vulnerável contra a neta de 12 anos, conforme detalhou em coletiva de imprensa, nesta quarta-feira (21), no Recife, a delegada Socorro Veloso, titular da 14ª Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher do Cabo.

“Ele confessou os fatos, apesar de dizer que teria ‘sido provocado’ pela criança, de 12 anos, que estaria beijando ele, abraçando ele. Pedimos exame de DNA para confirmar que ele era o pai”, afirmou a delegada, após citar que a menina ficou grávida do avô e passou por um procedimento de aborto.

As investigações foram iniciadas o há cerca de três semanas, quando, em 7 de julho, a delegacia recebeu os primeiros relatos sobre o abuso da menina de 12 anos. Nos dias seguintes, novas denúncias foram feitas, indicando as possíveis novas vítimas.

“No dia 14, chegou outra vítima dizendo que duas filhas também foram abusadas. A mãe delas teria convivido com ele. As crianças relatam isso, como agia com elas”, acrescentou Socorro Veloso.

As investigações prosseguiram e, segundo a delegada, podem surgir outras novas vítimas do homem. Apesar de confessar o estupro contra a neta, Socorro Veloso disse que o homem negou ter cometido o crime contra as outras meninas.

“Ele negou todos os outros casos, inclusive alegando que nada disso teria acontecido. As crianças estão abaladas emocionalmente e vão passar por exames psicossociais”, concluiu a delegada.

O homem foi preso pelos crimes de estupro de vulnerável e violência doméstica/familiar. Ele foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, na RMR.

Leia também:

Comentários

Desenvolvido por: