Paralisação de 24 horas dos policiais civis vai começar pelo DHPP

Paralisação de 24 horas dos policiais civis vai começar pelo DHPP

22 out 2013

download

Os policiais civis de Pernambuco realizam, nesta quarta-feira, a primeira das paralisações de 24 horas em alguns setores da instituição. A mobilização será realizada no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), das 8h da manhã até às 8h do dia seguinte. No dia 25, os profissionais do Complexo de Prazeres cruzam os braços.

As paralisações setorizadas foram aprovadas na assembleia da categoria, realizada na semana passada. Uma comissão com 10 policiais, integrantes da diretoria do sindicato da categoria e representantes das entidades de classe vai decidir os próximos pontos de paralisação. Haverá mobilização na frente das unidades nos dias parados, com carro de som e faixas.

A assembleia anterior dos policiais foi realizada no dia 26 de setembro, quando a categoria decidiu deflagrar estado de greve. De acordo com as informações da assessoria de comunicação do sindicato, as negociações com o Governo do Estado não avançaram.

O Poder Executivo propôs antecipar a progressão do Plano de Cargos e Carreiras de abril para fevereiro de 2014. A oferta não contemplou outras reivindicações da pauta dos servidores.

Eles querem a redução da distorção salarial entre o policial recém-contratado e o final de carreira, que, segundo a assessoria, está em 72%. Também reivindicam reajuste no vale-refeição, congelado há cinco anos em R$ 7, e revisão da carga de trabalho semanal, que aumentou de 30 para 44 horas. Outras queixas da categoria são: falta de efetivo e de estrutura das delegacias. (Do Diário de PE)

Comentários
PUBLICIDADE