Brasil - Mundo Notícias

Após críticas, Bolsonaro diz: “democracia e liberdade acima de tudo”

"Respeitem a liberdade de expressão", afirmou Bolsonaro.

Por: em 20/04/2020 às 11h16 atualizado em 20/04/2020 às 11h16

Com várias críticas, por participação em um ato que defendia a volta ao trabalho no Dia do Exército, Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta segunda-feira (20), que é contra o fim da democracia. “No que depender do presidente Jair Bolsonaro, democracia e liberdade acima de tudo”, afirmou a jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada pela manhã.

O presidente da República,Jair Bolsonaro cumprimenta populares no Palácio da Alvorada

Ainda afirmou que: “Peguem o meu discurso. Não falei nada contra qualquer outro Poder. Muito pelo contrário. Queremos voltar ao trabalho, o povo quer isso. Estavam lá saudando o Exército brasileiro. É isso, mais nada. Fora isso é invencionice, tentativa de incendiar a nação que ainda está .

Bolsonaro ainda repreendeu duramente uma pessoa que gritou pedindo o fechamento do STF. “Não tem essa conversa de fechar. Aqui não tem fechar nada, aqui é democracia. Aqui é respeito à Constituição brasileira (…) então peço, por favor, que não fale isso aqui”, disse ele. “Supremo aberto e transparente. Congresso aberto e transparente”, completou.

Leia Também: Protestos pedem fim de isolamento social em diversas regiões do Brasil

De acordo com o Presidente do Brasil, a pauta do ato que teve sua participação era apenas “povo na rua, dia do Exército e volta ao trabalho”. Confrontado com o fato de que os manifestantes também pediam a volta do AI-5, afirmou que “pedem desde 1968”.

“Todo e qualquer movimento tem infiltrados, tem gente que tem a sua liberdade de expressão. Respeitem a liberdade de expressão”, afirmou. Com informações do Diário de Pernambuco.

Comentários

Desenvolvido por: