Brasil - Mundo Notícias

Biden fica um passo da Casa Branca, após ultrapassar Trump

Por: em 07/11/2020 às 09h15 atualizado em 07/11/2020 às 09h15

O democrata Joe Biden está a um passo de chegar à Casa Branca, após assumir a liderança da contagem de votos no estado-chave da Pensilvânia, contra o presidente Donald Trump, que não parecia disposto a admitir uma eventual derrota na disputada corrida.

Na Pensilvânia permitiria que Biden, 77 anos, cruzasse o limiar dos 270 votos exigidos no Colégio Eleitoral para ganhar a presidência dos Estados Unidos.

Além disso, com 96% dos votos apurados na Pensilvânia, o estado natal de Biden onde Trump venceu há quatro anos, o candidato democrata lidera o presidente republicano por 14.500 votos, de acordo com os números eleitorais estaduais. Joe, que acumula pelo menos 253 votos eleitorais, está à frente na Pensilvânia (que lhe renderia 20 votos eleitorais), Arizona (11), Geórgia (16) e Nevada (6).

Na outra ponta, Trump, que tem um total de 214, lidera a corrida na Carolina do Norte (15) e no Alasca (3), os outros dois estados nos quais a contagem que mantém o país em suspenso desde o dia das eleições, 3 de novembro, ainda avança.

O ex-vice-presidente de Barack Obama anunciou que falará nesta sexta-feira em seu reduto em Wilmington, Delaware, onde um grande palco ao ar livre foi instalado no dia da eleição.

Embora nenhum grande veículo de mídia dos EUA tenha declarado um vencedor, a presidente da Câmara dos Representantes e a líder dos democratas no Congresso, Nancy Pelosi, se referiu a Biden como “presidente eleito”.

“Esta manhã está claro que a chapa Biden-Harris vai ganhar a Casa Branca”, disse Pelosi sobre Biden e sua companheira de chapa, Kamala Harris, que, se eleita, entrará para a história como a primeira mulher e primeiro negro a chegar à vice-presidência americana.

Comentários

Desenvolvido por: