Brasil - Mundo Notícias

Ciro Gomes sugere que Lula opte por disputar como vice-presidente

Ciro afirmou que Lula deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner que deu um “passo para trás”

Por: em 06/04/2021 às 12h28 atualizado em 06/04/2021 às 12h39

Durante um debate sobre propostas de reforma administrativa em discussão no Congresso, o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) deu a sugestão de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não dispute as eleições em 2022 como candidato a presidente, em prol de uma aliança contra Bolsonaro.

De acordo com o blog do Magno Martins, Ciro afirmou que Lula deve se espelhar no exemplo de Cristina Kirchner que deu um “passo para trás” e aceitou ser vice de Alberto Fernández, atual presidente argentino.

“A gente devia pedir generosidade a quem já teve oportunidade, como o Lula, que é um grande líder da história brasileira, mas a gente devia pedir a ele que se compenetrasse e que não imitasse o exemplo desastrado do Maduro na Venezuela ou o exemplo desastrado do Evo Morales na Bolívia. E que olhasse o que a Cristina Kirchner fez na Argentina, em que, tendo uma força grande, deu um passo pra trás e ajudou a Argentina a se reconciliar”, disse.

Ainda segundo o blog do Magno, o ex-ministro citou a corrupção que marcou a gestão petista que, segundo ele, poderia minar a campanha de Lula.

“Imaginem vocês uma campanha em 2022, o Bolsonaro querendo se recuperar da impopularidade, a lembrar da esculhambação do Palocci, a esculhambação do Zé Dirceu, a esculhambação não sei de quem. Eu não digo nem que seja verdade ou que seja mentira, eu estou dizendo é o que eu estou vendo pela minha experiência”, afirmou.

Ciro Gomes já foi deputado, prefeito, governador e ministro, além de ter disputado a eleição presidencial de 2018, da qual Bolsonaro saiu vitorioso.

Comentários

Desenvolvido por: