Esportes Notícias

Clubes menores do Brasil cobram ajuda da CBF e autoridades durante quarentena

Liderados pelo presidente do Salgueiro, José Guilherme, e do Barbalha-CE, Lúcio Barão

Por: em 30/03/2020 às 07h38 atualizado em 30/03/2020 às 07h38

O futebol brasileiro entra na terceira semana de paralisação devido à pandemia do coronavírus e ainda sem qualquer perspectiva de retorno dos campeonatos. Situação que preocupa principalmente os clubes intermediários e pequenos.

Liderados pelo presidente do Salgueiro, José Guilherme, e do Barbalha-CE, Lúcio Barão, foi criado um grupo de discussão que já conta com cerca de 250 integrantes. Segundo José Guilherme, a ideia é que, em conjunto, esses clubes elaborem um documento exigindo um posicionamento. Seja em busca de uma ajuda financeira ou para a definição sobre as competições.

“Todos os clubes brasileiros estão preocupados com essa situação, mesmos os mais ricos. Agora imagine os do interior. Eu não acredito que até o final de maio teremos futebol e temos clubes que só têm calendário até abril. É preciso se preocupar com esses clubes. Não podemos fugir desse debate. Estamos juntando todas as sugestões para fazer um documento à nível nacional para ser enviado à CBF e as demais autoridades”, disse  José Guilherme.

As informações são do Super Esportes

Comentários

Desenvolvido por: