Com marcha fúnebre, locutor comete gafe e anuncia 'morte' de Ricardo Oliveira

Com marcha fúnebre, locutor comete gafe e anuncia ‘morte’ de Ricardo Oliveira

Nome do atacante do Santos foi mencionado no lugar de Kaneco, ex-jogador do Peixe, que morreu na última terça-feira, devido a um câncer
20 abr 2017

Os jogadores do Santos e Santa Fe estavam prestes a iniciar a partida, válida pela terceira rodada da Copa Libertadores, quando o locutor do estádio El Campín pediu um minuto de silêncio para homenagear Ricardo Oliveira, atacante do Peixe, que estava em campo.

“Senhoras e senhores, por favor, pedimos atenção para que seja respeitado um minuto de silêncio em homenagem a Ricardo Oliveira, jogador do Santos”, disse o locutor. Em seguida, a marcha fúnebre foi tocada no estádio como parte da cerimônia.

O tributo seria para Alexandre de Carvalho Kaneco, ex-jogador do Santos nos anos 1960, que faleceu na última terça-feira, aos 70 anos, em decorrência de um câncer.

Os organizadores do jogo prometeram pedir desculpas ao jogador do Peixe, que riu da gafe. “Eu não ouvi. Estou sabendo agora. Não precisam pedir desculpas. Está tudo bem”, disse Ricardo Oliveira, que não reparou que seu nome foi mencionado no lugar de Kaneco.

Comentários
PUBLICIDADE