Notícias

FHC entrega carta de candidatura à Academia Brasileira de Letras

Por: em 02/04/2013 às 00h13 atualizado em 02/04/2013 às 00h13

Fernando Henrique Cardoso oficializou em carta sua candidatura a uma cadeira de imortal Academia Brasileira de Letras (ABL). A carta foi entregue pessoalmente, em nome do ex-presidente do Brasil, pelo imortal Celso Lafer, nesta quarta-feira (27), em reunião da ABL no Rio, de acordo com a assessoria de imprensa da instituição.

A cadeira de número 36, para a qual FHC se candidata, era ocupada pelo jornalista e escritor paulista João de Scantimburgo, que morreu na sexta-feira (22).

A entrega da carta aconteceu por volta das 17h, assim que foi aberta oficialmente a vaga na academia, depois da “Sessão da Saudade” em homenagem a Scantimburgo, no palácio Petit Trianon, sede da ABL, no Rio.

A carta de candidatura foi entregue por Lafer, ex-chanceler e ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do governo do PSDB, ao secretário-geral da academia, Geraldo Holanda Cavalcanti. Ele substitui temporariamente funções da presidente da ABL, a escritora Ana Maria Machado, que está em viagem ao exterior.

30 dias para candidaturas
Segundo a assessoria de imprensa da ABL, a única candidatura apresentada até a noite desta quarta-feira (27) foi a de FHC. Há um prazo de 30 dias, a partir desta quarta-feira, para a apresentação de candidaturas. Depois deste prazo, a diretoria da ABL marca em até 60 dias uma reunião para a eleição, em que o novo imortal deve ter a metade mais um dos votos dos atuais imortais para ser eleito para a cadeira.

Comentários

Desenvolvido por: