Notícias Serra Talhada

Leitor envia carta e diz: “Belmonte não tem a ver com programa de linha de crédito popular”

Carta de Leitor

Por: em 20/07/2020 às 09h18 atualizado em 20/07/2020 às 16h18

Um leitor enviou uma carta par ao Portal Nayn Neto afirmando que o novo programa de crédito popular disponibiliza linhas de financiamento de até R$ 3 mil para empreendedores que pretendem começar ou ampliar o negócio.

Leia a Carta: “É importante frisar que o Programa é de iniciativa do governo de Pernambuco e atende todo o estado, não tendo qualquer relação com entes municipais. Muitos prefeitos, nesse período que antecede a campanha eleitoral, estão tentando iludir as pessoas, falando que é uma parceria com os municípios, como daqui de São José do Belmonte que, através do site da prefeitura e de algumas mídias que comanda, divulgou na semana passada o crédito atende quem quer desenvolver um negócio informal, como pequenas lojas, carros de espetinhos, entre outros.”

“É possível solicitar os recursos individualmente, mas também através de um grupo solidário, que tenha a partir de três até cinco participantes. A grande diferença desse projeto para os outros é a taxa de juros, a partir de 1,49% e o parcelamento, que vai até 12 vezes. Através dos seus agentes de crédito, a AGE também vai fazer visitas aos estabelecimentos comerciais e empreendedores individuais, para identificação de potenciais clientes e Belmonte não tem a ver com programa de linha de crédito popular”

Para ter acesso à linha de crédito, diferentemente do que prefeitos não mostram, não tendo citado na matéria nenhum contato nem site, não é necessário se dirigir a nenhum local da prefeitura, basta apenas entrar em contato através do telefone 0800 081 8081 ou acessar o site da AGE. Os canais também servem para tirar dúvidas. Para se cadastrar no programa segue o link: http://www.age.pe.gov.br/.”, informou o leitor.

O Portal Nayn Neto lembra que a opinião do leitor não reflete com a do Site, o qual está aberto para possíveis respostas.

Comentários

Desenvolvido por: