Esportes

Náutico e Santa Cruz fazem clássico decisivo nos Aflitos

Por: em 28/04/2013 às 12h06 atualizado em 28/04/2013 às 12h06

classicoemocoesnauticosanta

O Santa Cruz vive melhor momento. O Náutico não é desclassificado pelo Tricolor desde 1995. As estatísticas apontam, os números mostram – mas a realidade tende a subvertê-los. Na hora do jogo, pouco disso importa. Passado é passado: a grandeza das equipes se equivalem. O detalhe resolve. O chute bem feito, o passe bem executado, a bolinha bem escolhida. Até isso estará em questão, neste domingo, nos Aflitos, às 16h. Timbu e Cobra Coral lutarão para estarem a decisão em cada um dos 180 minutos agregados – mas, se ao fim deles não houver um vencedor, a vaga será decidida em um aleatório sorteio.

NÁUTICO – Pelo lado alvirrubro, Silas não fez mistério na escalação da equipe. Na sexta-feira, praticamente definiu o time que vai a campo – e, antes disso, havia dado fortes indicações de como entraria no jogo. A postura é a mesma do duelo de ida. Novamente, o treinador prescindiu de um meia de ligação. Em vez disso, ele escalou três volantes no time: Elicarlos, Martinez e Rodrigo Souto.

SANTA CRUZ – Já pelo Tricolor, o técnico Marcelo Martelotte terá o elenco coral praticamente completo – com exceção do meia Natan, que faz tratamento em lesão na coxa esquerda. Apesar da ausência do atleta, o treinador pôde comemorar o retorno do lateral-esquerdo Tiago Costa, além da reabilitação de Ranatinho, que ganhou ainda mais ritmo de jogo durante esta semana. Com tantos pontos contando à favor, coube ao treinador promover a manutenção do esquema tático do Santa Cruz. O 4-5-1 vai ser a pedida, com os meias criativos Raul, Renatinho e Jefferson Maranhão e a presença de Dênis Marques como homem de referência.(Blog do Torcedor)

Comentários

Desenvolvido por: