Notícias Sertão

Nota de agradecimento

Por: em 20/04/2013 às 11h11 atualizado em 20/04/2013 às 11h11

Duquinha Melo

A justificativa do Projeto de Lei Ordinária nº 1011/2012, de autoria do deputado Sebastião Oliveira (PR), por intermédio do ex-vereador Paulo Melo, ressalta a importância do empreendedor Duquinha Melo para a Capital do Xaxado, lembrando sua rica biografia.

Na fazenda Carnaúba, onde nasceu, Seu Duquinha implantou um engenho de rapadura e uma indústria de pequeno porte de alambique, para produção de aguardente, álcool, vinagre e vinho, além de uma “casa de farinha”, beneficiando toda a região.

Em 1963, transferiu-se para a cidade de Serra Talhada trazendo toda a família. A fábrica de bebidas foi transferida e ampliada na Travessa José Olavo de Andrade. No mesmo período, implantou na Rua XV de Novembro, hoje Enock Inácio de Oliveira, um armazém de cereais, com o escoamento da produção para o Recife.

Já estabilizado economicamente, ingressou na política no mesmo ano e destacou-se logo na primeira legislatura (1963-1969), assumindo o cargo de segundo secretário em 1965 e presidente da Câmara de Vereadores em 1956. Na segunda legislatura (1969-1978), assumiu a vice presidência da Câmara de 1969 a 1970. Na terceira e última legislatura (1977-1983) assumiu os cargos de primeiro secretário (1977-1978) e presidente da Casa de 1979 a 1980.

Durante toda sua vida, Duquinha Melo buscou o desenvolvimento econômico de Serra Talhada e região. Exemplo disso foi a instalação de uma “Olaria”, que logo foi substituída por uma indústria de grande porte denominada “Cerâmica Bom Nome Agroindustrial Ltda” localizada no distrito de São José do Belmonte, com um escritório de representação na cidade de Serra Talhada, na rua João Alves de Lucena.

Luiz Joaquim de Melo faleceu aos 81 anos de idade. Mesmo com todo esse legado de trabalho e dedicação, demorou seis anos para ser lembrado em sua terra natal, no entanto, apenas oito meses após o falecimento foi homenageado com o nome de uma avenida no município de Bernardo Saião – Tocantins, onde foi empreendedor no ramo da pecuária. Hoje, podemos dizer:

Obrigado Deputado Sebastião Oliveira! Obrigado ALEPE!

Filhos: Ivan de Melo Lima, Inácio de Melo Lima, Irene Elvira de Melo, ivani Elvira de Melo Ferraz, Isídio de Melo Lima, Ivanice Elvira de Melo Araújo, Ironeide Elvira de Melo, Inaldo de Melo Lima, em nome da família Melo.

Comentários

Desenvolvido por: