Notícias

Praça Sérgio Magalhães sofre com ação de vândalos em Serra Talhada

Por: em 26/09/2019 às 10h48 atualizado em 26/09/2019 às 10h51

A recém inaugurada Praça Sérgio Magalhães, já sofre com a ação de vândalos e de desocupados. A nova praça, reformada e reformulada pela prefeitura municipal de Serra Talhada, com 3.560 metros quadrados de área pavimentada, e com um orçamento de R$ 1 milhão conta com áreas de paisagismo, ornamentação com vegetações típicas da região, acessibilidade, iluminação com refletores, luminárias subaquáticas, luminárias em postes, obras de arte e ornamentação com pergolado metálico e esculturas, além do Espaço Rosa dos ventos e Espaço Molhado.

Agora, indivíduos estão sendo flagrados quebrando luminárias e entrando dentro dos espaços molhados para fazerem algazarra e detonar o patrimônio público. Isso se deve também a uma falta de fiscalização e de um efetivo maior de guardas municipais na cidade, o que não justifica a ação dos criminosos que, pela atual legislação, mediante a Lei 9.605 / Art. 65 “Pichar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano: (Redação dada pela Lei nº 12.408, de 2011) podem pegar uma Pena de detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa. Se o ato for realizado em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de 6 (seis) meses a 1 (um) ano de detenção e multa.

Foto que circula em grupos de redes sociais.

A população Serratalhadense precisa fiscalizar e denunciar o que provém de “seus impostos”, e o governo municipal tem que adotar medidas de fiscalização e punição severa contra esse tipo de vadiagem em pontos de lazer da cidade.

Por Lucas Andrade

Comentários

Desenvolvido por: