Notícias Serra Talhada

Pré-candidato denuncia usina de asfalto em Serra Talhada

Por: em 20/09/2020 às 10h14 atualizado em 20/09/2020 às 10h14

Em visita ao parque de Exposições, no último domingo (13), o pré-candidato a vereador João Sindário constatou que a usina de asfaltos de Serra Talhada se encontra em abandonada. Sindário veio a denunciar a usina de asfalto de Serra Talhada em vídeo publicado em suas mídias sociais nesta última quinta-feira.

“É com grande tristeza que venho falar sobre esse fato, pois a usina de asfalto de Serra talhada nunca funcionou como deveria exatamente pelo descaso com que ela é tratada pela gestão municipal. Em nossa cidade existem várias ruas que precisam ser pavimentadas, mas essa pavimentação nunca acontece, o que acaba por gerar revolta na população!”

As imagens mostram que a usina de asfalto está abandonada. Ele diz ter encontrado lixos, entulhos, carniças de animais mortos que acabam por causar mau cheiro.

“A usina se tornou um verdadeiro depósito de lixo, o que vem causando revolta em nosso povo sertanejo, que tem toda a razão em estar revoltado pois, um dos direitos básicos da nossa população é ter todas as ruas pavimentadas.”

É válido relembrar o incêndio que ocorreu em 9 de setembro de 2017, ele aconteceu porque começou-se a construir uma cerca com pneus ao redor da usina de asfalto, e essa construção nunca foi finalizada. O que ocorreu é que um papel laminado presente no lixão do local, voou e bateu na rede elétrica e veio a provocar um curto-circuito no local, o motivo deste incêndio ter ocorrido, já se deu pelo grande descaso da prefeitura em demorar para finalizar a cerca, e isso acabou por acontecer.

“Quando o incêndio aconteceu, além de causar uma enorme poluição prejudicando pessoas com doenças respiratórias, tapando a visão de veículos que trafegavam na BR-232, ele também poderia ter ferido alguém e ao visitarmos a usina percebemos que o descaso continua o mesmo.”

Segundo o pré-candidato, ninguém fez ao menos uma limpeza, e existem recipientes com vazamentos no local causando a poluição e contaminando os lençóis freáticos da região com o derramamento de petróleo no ambiente.

“Ainda ressalto que o descaso no local afeta a população serra-Talhadense, tanto pelo local estar totalmente poluído, como pelo abandono do local ter se tornado essa catástrofe de milhares de reais do dinheiro público. Está mais do que claro que o local está totalmente abandonado pela gestão municipal, e aí também surge a dúvida: Como ficam as ruas que ainda não foram pavimentadas?”

“Gostaríamos de saber para onde vai o dinheiro que teria de ser gasto pavimentando as ruas de Serra Talhada, já que a usina não se encontra em funcionamento, e porque ninguém veio a público assim como fiz, ao menos explicar para aonde esse dinheiro esta indo?!”, finalizou. Da Assessoria.

Comentários

Desenvolvido por: