Brasil - Mundo Notícias

Presidente sanciona receita médica sem validade durante isolamento

A duração foi restrita ao período de isolamento pela relatora, deputada Alice Portugal (PCdoB-BA)

Por: em 28/07/2020 às 08h03 atualizado em 28/07/2020 às 09h02

O projeto foi apresentado pelo deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) e, inicialmente, colocaria as receitas médicas como válidas até o fim do estado de calamidade pública, que se encerra em 31 de dezembro.

A sanção foi publicada na edição desta terça-feira (28) do Diário Oficial da União.

Segundo a CNN Brasil, o presidente, no entanto, não ratificou o projeto na íntegra. Bolsonaro vetou o trecho que permitia a indicação de terceiros para a retirada dos medicamentos, mediante declarações formais. A alegação do governo é a de que a medida “poderia burocratizar o atendimento nas farmácias”.

Comente aí embaixo sua Opinião! E se você gosta do conteúdo do Portal Nayn Neto nos ajude compartilhando as matérias! Clique e siga a gente no Instagram: @portalnaynneto e no Facebook: Portal Nayn Neto.

Comentários

Desenvolvido por: