Entretenimento Notícias

Produtor do Galo da Madrugada morre vítima da Covid-19

Julhinho, como era conhecido, estava internado no hospital Hapvida

Por: em 05/11/2020 às 07h34 atualizado em 05/11/2020 às 07h34

Nesta quarta-feira (04), morreu no Recife, o produtor cultural Júlio Valente, um dos responsáveis pelo Galo da Madrugada. Julhinho, como era conhecido no setor cultural, estava internado no Hospital Hapvida do bairro da Ilha do Leite, Centro da capital pernambucana, com Covid-19, e faleceu aos 39 anos de idade.

Ele era natural de João Alfredo, Agreste Pernambucano, Julhinho era bastante conhecido no circuito cultural do carnaval. Dedicou boa parte da vida à produção do Galo da Madrugada, reconhecido pelo Guinness Book como maior bloco de carnaval de rua do planeta.

Além disso, Júlio Valente fazia parte do grupo de risco para agravamento da Covid-19 por ter comorbidades como diabetes, hipertensão e obesidade.

Através de uma nota, o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Menezes, disse que a morte de Julhinho é uma “perda muito grande para o Galo, para a cultura e para os eventos de Pernambuco”. Ele disse, ainda, que o produtor cultural ajudou muito na construção do bloco de carnaval.

A organização do Galo da Madrugada também disse, em nota, que Julio Valente “faz parte da história do carnaval de Pernambuco, pois sempre trouxe tanta inspiração e alegria”, e que a imagem que será guardada do produtor cultural é de felicidade. Com informações do G1.

Comentários

Desenvolvido por: