Brasil - Mundo Notícias

PSOL acusa crime contra Bolsonaro por atuação na pandemia

Por: em 13/07/2020 às 07h18 atualizado em 13/07/2020 às 07h18

O PSOL apresentou notícia crime contra o presidente Jair Bolsonaro na última sexta (10), alegando infração de medida sanitária preventiva. A denúncia foi feita ao STF (Supremo Tribunal Federal) e é assinada por Ivan Valente (SP), Luíza Erundina (SP) e por Guilherme Boulos.

De acordo com o partido, Bolsonaro minimizou a Covid-19 e desrespeitou repetidamente as regras de contenção da doença, como o isolamento social e o uso de máscara, colocando em risco a vida da população.

Na comunicação de crime, os parlamentares argumentam que as declarações de Bolsonaro reverberam na população, pois se trata do mais alto cargo do poder público, o que incita campanhas e manifestações contra as orientações de saúde pública.

“Sem dúvida alguma, o comportamento do presidente Jair Messias Bolsonaro, menosprezando os riscos da pandemia para a vida da população e incentivando posturas contrárias ao isolamento social à observância dos protocolos e medidas de segurança coloca em risco a vida da população, uma vez que frustra os esforços das autoridades de saúde para conscientizar a população sobre os riscos da pandemia e a necessidade de se proteger”, diz o documento. Com informações do Diário de Pernambuco.

Comente aí embaixo sua Opinião! E se você gosta do conteúdo do Portal Nayn Neto nos ajude compartilhando as matérias! Clique e siga a gente no Instagram: @portalnaynneto e no Facebook: Portal Nayn Neto.

Comentários

Desenvolvido por: