Notícias

Registro Profissional já pode ser feito pela internet

Por: em 05/05/2013 às 13h54 atualizado em 05/05/2013 às 13h54

Agora ficou mais fácil de tirar o registro profissional. Os Trabalhadores que precisam do registro têm uma novidade.

Nesta semana, entrou em vigor o sistema informatizado do Ministério do Trabalho e Emprego, Sirpweb. Com ele os pedidos de registro podem ser feitos e acompanhados via internet. Antes, o interessado tinha que comparecer pessoalmente a Superintendência do trabalho e o acompanhamento era feito por telefone. Agora, com o Sirpweb, a maior parte do processo vai ser virtual menos a entrega do número de solicitação gerado pelo cadastro. Neste caso, o trabalhador deve comparecer a pessoalmente na Superintendência do trabalho mais próxima. O registro é obrigatório para 14 profissões com regulamentação própria. Como: publicitários, jornalistas, artistas, arquivistas, secretárias e sociólogos. Sem o documento, o profissional fica proibido de exercer a atividade, como explica a  agente administrativa do ministério do Trabalho, Joyce Meireles.

Agente administrativa do Ministério do Trabalho Joyce Meireles.

“O registro profissional é indispensável ao exercício da profissão, porque ele tem o objetivo de organizar e identificar todos os profissionais atuantes nas profissões regulamentadas por lei. Existem atividades que são regulamentadas e para exercer precisa do registro profissional, na própria lei que regulamenta fala quem vai ser o órgão responsável pelo registro. No caso na lei de 14 categorias profissionais consta no texto que o responsável pela concessão do registro é o ministério. Dessa forma a pessoa só consegue exercer a atividade se tiver registro no Ministério do Trabalho.”

O sistema já está disponível para o Distrito Federal. E mais 20 estados Brasileiros. Saiba quais são os estados pelo endereço eletrônico: www.portalmte.gov.br (Asc0m)

Comentários

Desenvolvido por: