Notícias

Secretário explica situação da Operação Tapa Buracos em Serra Talhada

O Secretário também falou sobre a reforma do Pereirão

Por: em 30/06/2020 às 09h14 atualizado em 30/06/2020 às 09h14

O Secretário de Obras de Serra Talhada, Cristiano Menezes, durante entrevista à Rádio Vila Bela FM (94,3), falou sobre a situação das ruas da cidade e a ‘Operação Tapa Buracos’ que se iniciou e a reforma do Estádio Nildo Pereira de Menezes, conhecido por ‘Pereirão’, na Capital do Xaxado.

O Radialista Fracys Maia, perguntou sobre a Operação e sobre as emendas para o Estádio que teriam sido enviadas para a cidade no valor de R$ 350 mil pelo ex-deputado Kaio Maniçoba e R$ 250 mil do Deputado Gonzaga Patriota.

Cristiano disse que: “A Operação Tapa Buracos encontra-se em duas frentes, uma no Vila Bela e outra no IPSEP. Nós começamos dos fundos do bairro para dentro, e já vamos dar uma melhorada na Avenida João Kherle, pois as pessoas fizeram algumas críticas lá. O planejamento que vinhamos fazendo para o IPSEP é realmente dos fundos para a avenida principal que sai no posto de saúde (UBS). As pessoas vão em grupos de whatsapp, tiram fotos, dizem que está abandonado e não tem o respeito de me ligar e me perguntar como anda o planejamento do IPSEP”, concluiu sobre o assunto.

Em relação ao Pereirão, Cristiano disse: “A licitação foi concluída e aprovada pela Caixa Econômica. Nós já fizemos o ofício para o Ministério do Esporte solicitando o recurso, e existe uma portaria que autoriza a liberação de toda de uma vez só [em relação a emenda de Gonzaga Patriota], se isso acontecer, será um espetáculo! Porque vai ser uma obra que vai começar e não vai esfriar pela falta de recurso do governo federal. Nós já pedimos ao Deputado Gonzaga, a Fernando Monteiro, por que quanto mais gente pedindo mais as chances que o recurso venha como queremos que venha.”

“A outra emenda de Kaio Maniçoba a gente terminou o projeto, e um dos itens é refazer a coberta das arquibancadas, pois muitos dizem que não é segura, vamos refazer toda metálica para resolver o problema”, finalizou o Secretário agradecendo os Deputados e as cobranças.

Comentários

Desenvolvido por: