Brasil - Mundo Notícias

Sergio Moro pede demissão do Ministério da Justiça

É a segunda mudança no gabinete de Bolsonaro em menos de um mês.

Por: em 24/04/2020 às 11h56 atualizado em 24/04/2020 às 12h06

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, pediu demissão do cargo nesta sexta-feira (24) horas depois de o presidente Jair Bolsonaro publicar no Diário Oficial da União (DOU) a exoneração do diretor-geral da Polícia Federal (PF), Mauricio Valeixo.

É a segunda mudança no gabinete de Bolsonaro em menos de um mês. A primeira foi a demissão do então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à pandemia de coronavírus.

A decisão foi anunciada por Moro em entrevista coletiva na qual falou sobre a troca de comando na direção da PF e sobre sua situação na pasta.

O presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir Valeixo por não estar satisfeito com a forma como a PF tem atuado em seu governo. Sergio Moro ainda disse: “Presidente não me quer no cargo”.

Sergio Moro ainda deu fortes declarações dizendo que “ficou clara a interferência política na PF”, além de reafirmar que não recebeu nenhum documento sobre a exoneração do Diretor Geral da PF. Disse também que o Presidente pediu para ter acesso as investigações da PF. Com informações da CNN.

Comentários

Desenvolvido por: