Notícias

Vereadores de Serra Talhada se colocam contra retorno das aulas

O vereador José Raimundo iniciou a discussão afirmando que não concorda com o retorno das atividades escolares.

Por: em 12/08/2020 às 04h55 atualizado em 11/08/2020 às 15h00

Durante a sessão da Câmara de Vereadores desta segunda-feira (10), o tema mais debatido entre os vereadores foi o retorno escolar e o grande número de casos da Covid-19 no município. O vereador José Raimundo iniciou a discussão afirmando que não concorda com o retorno das atividades escolares.

“Sou literalmente contra a volta às aulas presenciais em nosso município. Se o número de casos está alto entre os adultos, imagine se mandarmos nossas crianças para a escola. Nós não temos estrutura para isso”, disse o vereador que acredita na possibilidade de realizar 2 anos escolares no próximo ano.

Concordando com José Raimundo, o vereador Antônio de Antenor afirmando que os jovens ainda não se atentaram para o perigo da doença. “As crianças e jovens não têm ideia do quanto a Covid-19 é perigosa. Se já ficamos até agora sem aulas presenciais, podemos esperar mais um pouco, para que seja mais seguro para todos”, disse Antônio.

Nailson Gomes, também concorda que esse retorno é prematuro. “Não sabemos como está a nossa curva de declínio, se já estamos nela ou se ainda estamos distantes. Hoje, nossos professores não têm condição de dar aula e cuidar das crianças com relação aos cuidados de biossegurança”, afirma o líder do governo.

O presidente da Casa reforça que “Serra Talhada está passando por um período difícil. Mesmo com todas as ações e cuidados, por parte do governo municipal, os números só crescem” e alertou a população a procurar as unidades de saúde, caso tenham alguns sintomas da doença. “Procure um posto de saúde, se você ou alguém da sua família apresentarem sintomas. Se cuidem!”, finalizou.

Comentários

Desenvolvido por: