Curiosidades

“Tabelinha” moderna conta com ajuda do termômetro basal; saiba mais

Por: em 14/08/2018 às 12h20 atualizado em 14/08/2018 às 12h20

Um dos métodos mais comuns para evitar a gravidez antigamente era a famosa “tabelinha”, que consistia na abstinência de relações sexuais nos dias férteis, evitando, assim a concepção e a gravidez indesejada. Por apresentar muitas falhas, ele logo foi substituído por medicamentos como anticoncepcionais, dispositivos intrauterinos e pílulas do dia seguinte, que evitam a gravidez mas também podem acarretar em sérios problemas de saúde.

Para aquelas mulheres que querem se ver livres de medicamentos e tentar uma maneira mais natural e com poucas falhas de evitar a concepção, ou até mesmo para aquelas que querem investir nos dias férteis para engravidar, cientistas desenvolveram a medição da temperatura basal.

A temperatura basal indica o momento mais propício para a fecundação, podendo auxiliar o casal nos dias em que a gravidez pode ocorrer mais facilmente. O termômetro basal por outro lado também auxilia as mulheres que não querem engravidar, apontando os dias mais arriscados de acordo com o período menstrual.

Atualmente, a ferramenta é indicada por médicos por conta da praticidade e melhorias que o método tem adquirido ao longo dos anos. Semelhante ao tradicional termômetro para verificar a temperatura do corpo, o basal é indicado após o repouso de 6 a 10 horas, ou seja, após acordar pela amanhã é o melhor período para conferir a fase do ciclo.

Além de apontar o período fértil e infértil, o termômetro basal ainda informa quando a mulher vai menstruar. Diferente do termômetro de febre, no basal a mulher vai usar por meio da boca ou na inserção vaginal, nunca pela axila. Se a mulher costuma dormir com a boca aberta em decorrência de problemas respiratórios, recomenda-se o método vaginal, por conta das chances de alterar a temperatura.

Como usar o termômetro para a gravidez?

O termômetro deve ser usado pela manhã, logo após o despertar. Portanto, deixe a ferramenta na cabeceira o mais próximo possível.

Você pode escolher medir a temperatura pela boca ou vagina. No caso da vagina, basta inserir a ponta, esperar o tempo indicado e conferir as informações no gráfico do termômetro digital. Para higienizar use um algodão embebido com álcool 70%.

Comentários

Desenvolvido por: